terça-feira, 26 de abril de 2016

Ipiaú: Estudante de 12 anos é espancada pelo pai na frente de colegas de escola

Uma cena descrita como “humilhante” foi acompanhada por várias crianças e alguns professores, funcionários e frequentadores da AABB de Ipiaú, na tarde dessa terça-feira (26). De acordo com informações de uma mulher (que pediu anonimato), uma adolescente de cerca de 12 anos de idade, estudante do Colégio Municipal Maria José Lessa de Moraes, estava na comemoração do aniversário de uma colega quando foi surpreendida pelo pai que teria surrado a menina. “Ele espancou a menina aqui na nossa frente. Bateu na cara e não dando como satisfeito, tirou o cinto e aplicou mais golpes na criança. Tentamos impedi-lo, mas ele retirou a garota de dentro da área da AABB e foi para a rua”, descreveu a testemunha. Segundo colegas da vítima, a surra aplicada pelo pai teria sido motivada pelo fato da sua filha está na companhia de um garoto. “Gostaria que isso não ficasse impune”, concluiu a mulher. Vale ressaltar que constitui crime de tortura, constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental. O texto é da Lei 9.455, de 7 de abril de 1997. A pena nesses casos varia de três meses a dois anos de reclusão ou multa. (Giro em Ipiaú)

7 comentários:

Postar um comentário