quinta-feira, 28 de abril de 2016

Mais de 18 mil lojas foram fechadas esse ano na Bahia, diz sindicato

Vendas para o Dia das Mães deve ser uma das piores dos últimos 12 anos (Foto:Giro em Ipiaú)
A crise econômica que o Brasil enfrenta, acirrada com a indefinição do cenário político, tem causado sérios impactos na economia baiana. De acordo com o presidente do Sindicato dos Lojistas da Bahia (Sindilojas), Paulo Mota, somente no estado são mais de 18 mil lojas fechadas nos últimos meses. Em Salvador esse número chega a quase 4 mil, segundo o dirigente. Em entrevista na Metrópole FM, em Salvador, Mota afirmou que a capital baiana registrou o fechamento de aproximadamente 18 mil postos de trabalhos nos últimos 12 meses. “É uma crise que está indo para o campo social de maneira violenta e está repercutindo na roda da economia”, afirmou. O presidente ainda apontou que o cenário para o Dia das Mães não é dos melhores para as famosas contratações temporárias. “A crise está muito forte e a meta das empresas é manter quem já está empregado. Estamos sem perspectivas diante dessa instabilidade política que estamos vivendo”, frisou.

0 comentários:

Postar um comentário