sexta-feira, 29 de abril de 2016

Polícia prende gêmeos suspeitos de matar secretário de Santo Estêvão

Acusados foram presos na madrugada desta sexta-feira (Foto:Reprodução)
Foram presos na noite de quinta-feira (28/4), na localidade da Lagoa da Base, no município de Lauro de Freitas na Região Metropolitana de Salvador (RMS), os acusados do assassinato do secretário de Educação do município de Santo Estevão, José Agnaldo Barreto de Almeida, de 42 anos, ocorrido em 04 de abril. Os gêmeos Walace da Silva Magalhães, vulgo “Febrônio” e Walter da Silva Magalhães, vulgo ”Iai-Iai”, foram presos por policiais do Setor de Operações de Inteligência da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e policiais do Serviço de Inteligência da 23ª Delegacia Territorial, que tem como delegado titular Joelson Reis. De acordo com informações dos policiais, Walter, o ”Iai” confessou ter assassinado a vítima após ela ter se negado a lhe dar dinheiro depois da prática de relações sexuais, ”Iai” amarrou a vítima e tirou a sua vida com golpes de faca. Ainda segundo a polícia, em seguida, ”Iai” acionou o seu irmão ”Febrônio” para furtar os pertencentes da vítima, entre eles, dois notebooks e aparelhos celulares e fugiu para o município de Lauro de Freitas até ser capturado pelas equipes da Polícia. Quando os gêmeos foram presos em Lauro de Freitas, estavam se preparando para fugir. 
Secretário foi morto dentro de casa no dia 4 de Abril
De acordo com o coordenador da 1ª Coorpin/Feira de Santana, João Uzzum, que investiga o caso, apesar da confissão dos acusados durante depoimento, a polícia ainda investiga os detalhes da ação e do vínculo deles com a vítima. O secretário da Educação de Santo Estêvão, José Agnaldo Barreto de Almeida, 42 anos, foi encontrado morto dentro de casa na manhã do dia 4 de abril. Eles estava com as mãos amarradas e marcas de violência pelo corpo. Após a morte, a prefeitura da cidade decretou luto de três dias. 

0 comentários:

Postar um comentário