segunda-feira, 30 de maio de 2016

Após gravação, ministro da Transparência decide sair do cargo

Ministro entregou o cargo no início da noite dessa segunda-feira (30). Foto/FolhaPress
O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, pediu demissão do governo Michel Temer. A decisão foi anunciada em uma carta enviada na noite desta segunda (30) ao presidente interino. Na mensagem, Silveira afirma que optou pela demissão para que "nada atinja" a conduta dele. Em áudio gravado pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, Silveira aparece orientando o executivo e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), em relação a como agir perante as investigações da Lava Jato. Na carta enviada a Temer, Silveira nega qualquer relação com Machado e diz que jamais pensou em interferir nas investigações. "Pela minha trajetória de integridade no serviço público, não imaginava ser alvo de especulações tão insólitas", afirmou. *Informações da Folha

0 comentários:

Postar um comentário