segunda-feira, 16 de maio de 2016

Devendo R$ 2 milhões à embasa, prédio da prefeitura de Jequié está sem água

Foto:Reprodução
O prédio que abriga a prefeitura de Jequié, na região do Médio Rio de Contas, está sem água desde a tarde da última sexta-feira (13). De acordo com o prefeito interino Sérgio da Gameleira (PSB), a Embasa suspendeu o fornecimento pela falta de pagamento do serviço por parte da administração municipal. Para suprir a falta de água, Gameleira foi obrigado a contratar um carro-pipa para abastecer as dependências da prefeitura. Ainda segundo ele, o Galpão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) também teve o fornecimento de água suspenso.  Conforme o prefeito, a gestão de Tânia Britto (PP), afastada do mandato por decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) contraiu com a Embasa uma dívida de R$ 2 milhões por ter deixado de pagar as contas de água de prédios municipais desde agosto do ano passado. Com isso, outros imóveis correm o risco de ter a água cortada pela empresa. “Parece que várias repartições que a gente ainda não teve o diagnóstico estão ou podem ficar sem água”, afirmou Gameleira em entrevista ao Bahia Notícias nesta segunda (16). Agora, o prefeito interino tenta negociar a dívida com a estatal. “Estamos buscando quais providências tomar para resolver este problema”, disse.

1 comentários:

Luciano Carvalho disse...

e uma vergonha onde arrecarda milhoes e milhoes!!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário