sábado, 7 de maio de 2016

Dirigir e usando o celular passa a ser infração gravíssima

Valor da multa passa de R$ 53,20 para R$ 293,47
Uma série de alterações no Código de Trânsito Brasileiro sancionadas ontem (5) pela presidente Dilma Rousseff vai trazer impacto para vida dos motoristas. Uma das novidades é a pena mais dura pra quem usa o celular enquanto está no volante: pelas novas regras, segurar ou manusear o aparelho enquanto dirige passa de infração média para infração gravíssima. A multa também fica mais cara, passando de R$ 53,20 para R$ 293,47. Outra alteração importante é para aqueles que se recusam a se submeter ao exame do bafômetro. Nestes casos, A multa, nesses casos, será de R$ 1.915,40 e, em caso de reincidência no período de 12 meses, a penalidade será aplicada em dobro. O valor das multas foi reajustado em todos os casos. As multas para infrações leves subiram de R$ 53,20 para R$ 88,38 (aumento de 66%). As infrações médias passam de R$ 85,13 para R$ 130,16 (aumento de 52%). As infrações graves sofrem aumento de R$ 127,69 para R$ 195,23 (aumento de 52%). Já as infrações gravíssimas aumentam de R$ 191,54 para R$ 293,47 (aumento de 53%).

0 comentários:

Postar um comentário