terça-feira, 17 de maio de 2016

Itabuna: Pais de estudantes estão pagando mensalidades com água

Quem tem água sobrando usa como pagamentos em escolas particulares (Foto:TV Santa Cruz)
Por conta da estiagem que abate Itabuna, no sul baiano, quem tem água para vender usa o líquido para outras necessidades. No município, pais de estudantes utilizam a água para pagar a mensalidade de escolas dos filhos. Segundo a TV Santa Cruz, uma diretora contou que pela dificuldade de abastecimento, o colégio aceitou que débitos fossem pagos com água. Ainda na cidade, há relato de moradores que ganham dinheiro com a venda do líquido, com encomendas feitas de manhã, de tarde e de noite. O município vive a pior crise hídrica da sua história. Empresários itabunenses se reúnem nesta terça-feira com dirigentes da Emasa, para discutir a crise no abastecimento de água, que também afeta o comércio e a indústria. Além da escassez, desde janeiro a cidade vem recebendo água com elevados índices de salinidade, que é imprópria para o consumo e vem causando danos a equipamentos como maquinas de lavar, chuveiros, bombas, etc. Uma das propostas e implantar um sistema de dessalinização, muito comum em países que utilizam água do mar. Técnicos da Emasa avaliam que diante da situação, o custo entre 1 e 2 dólares por metro cúbico (mil litros) de água não chega a ser tão elevado.

0 comentários:

Postar um comentário