sábado, 7 de maio de 2016

Preso é resgatado de viatura e encontrado morto após confronto em Barreiras

Viatura foi interceptada pelos bandidos em outro veículo (Imagem:TV Bahia)
Duas pessoas morreram durante uma troca de tiros entre policiais civis e suspeitos após uma viatura que transportava um detento ser interceptada por bandidos no município de Barreiras, na região oeste da Bahia. O caso ocorreu na tarde desta sexta-feira (6) na região central da cidade. Nenhum policial se feriu. De acordo com informações do delegado Joaquim Rodrigues de Oliveira, titular da 11ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Barreiras), o preso que estava na viatura foi resgatado pelos bandidos e depois foi encontrado morto. Um integrante do grupo também foi localizado morto momentos após a troca de tiros. Segundo Oliveira, a viatura foi fechada pelo carro onde os bandidos estavam logo após os policiais deixarem o Hospital Regional Eurico Dutra, com o detento. O preso, que era custodiado no Complexo Policial de Barreiras, tinha sido levado até a unidade médica depois de reclamar de um mal-estar. 

"O detento disse que estava se sentindo mal e dois os policiais o levaram numa viatura até o hospital, para que fosse medicado. Depois do atendimento, quando estavam voltando para a cadeia, a viatura foi interceptada por um carro com cerca de cinco pessoas armadas", destacou o delegado. Segundo a polícia, os suspeitos atiraram contra a viatura e os policiais civis revidaram. O delegado afirmou que o detento foi alvejado quando ainda estava ao lado do agentes. Por isso, a polícia acredita que o tiro que matou o preso tenha sido disparado pelos próprios suspeitos durante o tiroteio. Um dos suspeitos que chegaram no carro que interceptou a viatura também foi baleado, e o grupo fugiu levando o detento. 

Ainda de acordo com o delegado, o detento que acabou sendo morto cumpria pena há dois meses por envolvimento com uma quadrilha suspeita roubar mais de 200 veículos na região. A polícia informou, no entanto, que ainda não sabe qual a relação do preso com os suspeitos. "O suspeito que foi encontrado morto no primeiro carro estava com um documento de identidade expedido em Brasília. Agora, a gente vai checar se o documento pertence a ele mesmo ou se é de alguma vítima", destacou. A mulher que teve o carro roubado é funcionária de uma agência bancária da cidade e tinha acabado de deixar o trabalho quando foi abordada. Segundo o delegado Joaquim, ela não se feriu e já registrou boletim de ocorrência. Já o primeiro carro, utilizado pelos suspeitos para interceptar a viatura foi roubado em Brasília, segundo o delegado. "A gente também recebeu a informação de que a Polícia Militar apreendeu dentro desse primeiro carro abandonado uma metralhadora, mas a arma ainda não foi apresentada", disse. O delegado informou que a polícia realiza rondas na região para tentar localizar os suspeitos. Até o fechamento desta reportagem, nenhum envolvido no caso tinha sido preso. *Publicação do G1/BA

0 comentários:

Postar um comentário