sexta-feira, 13 de maio de 2016

"Sai a legitimidade e entra a farsa", diz Wagner sobre novo governo Temer

Foto:Valter Campanato/Agência Brasil
Após ser exonerado do cargo de ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência nesta quinta-feira (12), Jaques Wagner criticou a ausência de 'legitimidade' do governo do presidente Michel Temer. Segundo ele, o afastamento de Dilma Rousseff da Presidência com a ausência de um crime cometido por ela. "Todo mundo sabe que a presidente Dilma não cometeu crime nenhum, que o golpe começou depois da eleição, e depois conseguiram transformar o impeachment em uma bandeira de luta", disse o ex-governador da Bahia, em mensagem publicada nas redes sociais. "Desde janeiro de 2015, nossos adversários levantam a bandeira do impeachment sem causa. A partir de hoje, sai a legitimidade do Palácio e entra a farsa. Sai quem tem voto e entra quem nunca teve voto para entrar", declarou Wagner.

0 comentários:

Postar um comentário