sexta-feira, 6 de maio de 2016

Saúde: Estudo diz que exercício curto intenso pode valer a pena

Para muitas pessoas, a questão mais importante sobre exercícios é: qual é o mínimo que preciso fazer para me safar? A resposta, segundo um novo estudo do treinamento intervalado, pode ser: muito, muito pouco. Nessa experiência, 60 segundos de esforço extenuante mostraram ser tão bem-sucedidos na melhora da saúde e do condicionamento físico quanto 45 minutos de exercício moderado. Venho escrevendo há algum tempo sobre os benefícios potenciais de treinamento intervalado de alta intensidade, um tipo de malhação que consiste num surto extremamente cansativo e breve de exercício --essencialmente um pique-- acompanhado por exercício leve, tais como correr ou descansar, depois outro pique, mais descanso e assim por diante. Atletas recorrem aos intervalos para melhorar a velocidade e a potência, mas geralmente isso faz parte de um programa de treinamento semanal mais amplo que também inclui sessões prolongadas e menos intensas, tais como corridas prolongadas. Nos últimos anos, porém, cientistas especializados em exercícios e muitas pessoas ficaram intrigadas pela ideia de se exercitar exclusivamente com intervalos, abandonando de vez os treinamentos extensos. Ver matéria completa

0 comentários:

Postar um comentário