quinta-feira, 9 de junho de 2016

Bahia recebe segunda pior nota do país no Ranking da Transparência

O Estado da Bahia passou a ocupar o 26º lugar no “Ranking da Transparência” do Ministério Público Federal (MPF), com nota 4,10. A classificação foi divulgada nesta quarta-feira (8) pelo Ministério Público Federal (MPF). O governo da Bahia caiu 3 posições em relação à última avaliação no final de 2015, quando obteve nota 5, e agora ficou à frente apenas de Roraima, que obteve 3,8 pontos. De acordo com o MPF, o monitoramento avalia o cumprimento de normas quanto à publicidade de informações de gastos públicos e disponibilização de canal para pedidos de informação por meio dos sites oficiais ou portais de transparência. Governos estaduais e prefeituras são avaliadas. Entre as deficiências encontradas no portal do governo da Bahia estão links que direcionam para páginas não disponíveis, que não continham registros ou que direcionavam a arquivos corrompidos; falta de dados relativos à receita – como a natureza, o valor de previsão e o valor arrecadado –, a íntegra dos editais de licitações e contratos celebrados a partir dos mesmos; e a falta de horários de funcionamento e atendimento ao público. 

0 comentários:

Postar um comentário