quinta-feira, 16 de junho de 2016

Bahia tem 16 novos casos de microcefalia, aponta Ministério da Saúde

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press
O boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (15) aponta 1.135 casos de microcefalia na Bahia. Dezesseis a mais do que o último relatório divulgado pelo órgão, no dia 8 de junho, quando o relatório apontou 1.119 notificações da doença no estado. O dado divulgado nesta quarta é referente ao período até o dia 11 de junho. O boletim anterior foi feito com base nos dados coletados pelo Ministério até o dia 4 de junho. O relatório é feito com os dados enviados pelas secretarias estaduais da saúde, informou a pasta. Dos casos notificados na Bahia até agora, 667 estão em investigação, 254 foram confirmados e 214 descartados.De outubro de 2015 até maio deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registrou 32 mortes por microcefalia na Bahia. Os casos fatais foram nas cidades de Alagoinhas (1), Anguera (1), Camaçari (3), Conceição do Jacuípe (1), Cravolândia (1), Crisópolis (1), Jaguaripe (1), Jequié (1), Monte Santo (1), Barro Preto (1), Campo Formoso (1), Itabuna (2), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (6), Tanhaçu (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1), Presidente Tancredo Neves (1), Santo Antônio de Jesus (1), Simões Filho (1), Senhor do Bonfim (1), Ilhéus (1), Lauro de Freitas (1). De acordo com os critérios do Ministério da Saúde, é considerado microcefalia o bebê com perímetro cefálico menor ou igual a 31,9cm, no caso de menino, e menor ou igual a 31,5cm, em menina. Os casos da doença estão relacionados ao vírus da zika, doença transmitida pelo mosquito Aedes Eegypti. *Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário