quinta-feira, 2 de junho de 2016

Ipiaú: Homem vive na rodoviária após viajar mais de 1.400 km para reencontrar o pai (já falecido)

Antônio mora em Itumbiara-GO e não tem dinheiro para voltar pra casa. (Foto:Giro em Ipiaú)
Antônio Alves de Jesus, 54 anos, está vivendo nas ruas de Ipiaú e dormindo no Terminal Rodoviário da cidade desde 20 de maio, dia em que chegou ao município ipiauense após viajar por mais de 1.400 quilômetros. Antônio veio de Itumbiara-GO para Ipiaú a fim de reencontrar o pai, Aurelino Alves da Hora, que segundo ele, residia nas imediações do bairro Aparecida. Chegando em Ipiaú, Antônio descobriu que seu pai já havia falecido há alguns anos. Sem dinheiro e sem familiares na cidade, ele conta que foi obrigado a procurar abrigo da rodoviária de Ipiaú. “Eu fico a noite aqui assistindo televisão e depois arrumo um cantinho pra dormir. Quando amanhece vou pra rua pedir às pessoas alguma coisa pra comer”, contou. Antônio revelou que é separado, pai de três filhos, e atualmente vive com sua mãe, de mais de 90 anos de idade. Ainda segundo ele, todos os irmãos moram no estado de Goiás. “Uma mulher me conseguiu um telefone e falei com minha família esses dias, mas eles não têm dinheiro para mandar pra eu voltar”, disse. A nossa reportagem fez uma pesquisa no guiché da Novo Horizonte e foi informada pelo atendente que até Goiania o preço da passagem custa 250 reais. De Goiania até Itumbiara a passagem fica em torno de uns 100 reais. Para retornar para casa, Antônio precisaria de ao menos 400 reais, entre passagens e refeições na estrada. Nessa sexta-feira (03) ele deve participar, pela manhã, na FM Ipiaú nos programas Hora da Verdade e Notícias em Foco pedindo ajuda aos ouvintes para conseguir levantar a quantia e retornar para a sua família. (Giro em Ipiaú)

0 comentários:

Postar um comentário