quinta-feira, 30 de junho de 2016

Professor é assassinado e tem olhos furados durante festa universitária

Foto:Reprodução/Facebook
Um jovem de 24 anos foi encontrado morto, com os olhos perfurados, durante uma festa de formatura da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), nesta sexta-feira (1º). André Felipe Vieira Colares ex-aluno de administração da unidade de ensino, era irmão de um dos formandos do curso de Medicina. Ele foi encontrado no banheiro da chácara onde o evento estava sendo realizado. A Polícia Militar da região foi acionada na manhã desta sexta após uma denúncia de estupro, onde a vítima era menor de idade. Mas, ao chegar no local, descobriu o corpo de André. Um adolescente de 17 anos confessou o assassinato, e foi apreendido pela polícia. De acordo com a PM, o corpo de André Felipe apresentava um corte no pescoço. O rapaz também teve os olhos perfurados com palitos, e estava com as calças e cueca abaixadas, além de sofrer outros ferimentos.

Ao lado do corpo dele, foram encontrados cacos de vidro e uma embalagem parecida com a usada comumente para guardar maconha. O acusado do crime primeiro negou envolvimento, mas depois voltou atrás. Antes de confessar o crime, o adolescente falou que o corte que apresentava no dedo foi causado por uma faca que um dos supostos estupradores usou para ameaçá-lo. "O adolescente falou que durante a noite se envolveu com dois rapazes, e depois os três entraram em luta corporal. Ele levou uma pancada na cabeça, ficou desacordado e acordou com as calças arriadas até o joelho. Aprofundando os levantamentos constatamos juntamente com a Polícia Civil que o adolescente era o autor do homicídio", disse o subtenente Celestino Rocha ao G1 Minas.

O garoto também disse que morava na Bahia, e que foi convidado para a festa por um primo. Durante o evento, ele teria ingerido bebidas alcoólicas e se relacionado com três mulheres. O adolescente também disse que toma remédios para a depressão. "Posteriormente ele confessou e falou que teve um desentendimento com a vítima. O vaso sanitário foi arrancado do local, subentende-se que houve uma briga violenta dentro do local", disse o subtenente Rocha. Segundo familiares da vítima, André Felipe era homossexual. O motivo da discussão não foi divulgado pelo adolescente, que também não informou se teve relações sexuais com André.

Uma perícia vai determinar se eles tiveram contato íntimo. O suspeito foi levado para a delegacia de Montes Claros, onde irá prestar depoimento sobre o caso. Em nota, a Universidade Estadual De Montes Claros disse que lamenta profundamente a morte de André, que foi aluno da instituição e se formou no curso de Administração em 2013. Ele também era mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e trabalhou como professor substituto de administração na Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). 

0 comentários:

Postar um comentário