terça-feira, 28 de junho de 2016

Refugiado encontra 150 mil euros na Alemanha e devolve dinheiro

Refugiado encontrou dinheiro embaixo de um fundo falso de móvel. (Foto:Reuters)
Um refugiado sírio de 25 anos encontrou 150 mil euros (cerca de R$ 548 mil) em um armário que ele ganhou de uma organização de caridade e devolveu a quantia às autoridades locais em Minden, na Alemanha. O imigrante, identificado como Muhannad M., chegou ao país no final do ano passado. O jovem disse que não pensou duas vezes antes de devolver o dinheiro, que foi entregue a um funcionário incrédulo do Departamento de Imigração da região. Após o episódio, o jovem virou uma espécie de herói local. "É um exemplo para todos", disse um agente de segurança, admirado. O refugiado disse que quer permanecer na Alemanha, onde estuda, e levar sua família. A Polícia de Minden explicou que ele achou 50 mil euros em dinheiro e o restante em cheques escondidos embaixo de um fundo falso do móvel. 

Segundo as autoridades locais, apesar de ser comum que pequenas quantidades de dinheiro sejam devolvidas, "a devolução de tanto dinheiro é uma exceção absoluta". A polícia local agora investiga a origem do dinheiro. Com a intensificação da crise de refugiados na Europa, provocada pelas guerras no Oriente Médio e no norte da África e considerada o pior fluxo de deslocamento forçado desde o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), o governo de Angela Merkel se dispôs a receber imigrantes e conceder refúgio. Sua política, no entanto, foi muitas vezes criticada. Na noite do dia 31 de dezembro, a cidade de Colônia foi alvo de uma sérrie de estupros e atos de violência. A polícia cogita que mais de mil agressores atuaram em pequenos grupos durante o Réveillon. Eles abordavam as mulheres sozinhas ou em áreas isoladas. Os estupros deixaram a Alemanha em choque e despertaram debates sobre o envolvimento de imigrantes nos crimes, já que o país recebeu mais de um milhão de pedidos de asilos de refugiados.

0 comentários:

Postar um comentário