quinta-feira, 28 de julho de 2016

Bahia vai aplicar R$ 1,5 bilhão em agricultura familiar até 2018

Foto: Pedro Moraes / GOVBA
O governo do Estado vai investir R$ 1,5 bilhão em fomento à agricultura familiar nos municípios baianos até 2018. Serão R$ 700 milhões do Banco Mundial, por meio do Bahia Produtiva, e R$ 300 milhões do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola da Organização das Nações Unidas (Fida), além de recursos de outras fontes, como do Fundo Combate à Pobreza e do governo federal. “O trabalho agora é fazer com que todas as ações sejam sustentáveis e duradouras, de fôlego longo, que estruture a agricultura e capacite o homem do campo para produzir mais e melhor”, avaliou o governador Rui Costa. “O meu sonho é ver a agricultura familiar tendo renda. É ver os filhos dos agricultores com desejo de se qualificar e voltando a produzir no campo, realimentando essa cultura de amor pela terra. No que depender de mim, vamos construir juntos uma agricultura familiar forte, com inclusão social, renda e educação no campo”, completou, ao reafirmar a parceria com os movimentos sociais durante evento do Fórum Baiano da Agricultura Familiar (FBAF), realizado na tarde desta quarta-feira (27), no Centro de Formação da Secretaria de Desenvolvimento Rural, em Salvador. O governador ainda ressaltou que um governo não constrói nada sozinho. “Somos nós que vamos construir e implementar uma política voltada para a agricultura familiar. Precisamos identificar o que falta, por exemplo, para que muitos agricultores familiares recebam seus títulos de terra. Eu não enxergo o desenvolvimento da Bahia sem incluir a agricultura familiar”, defendeu.

0 comentários:

Postar um comentário