sexta-feira, 29 de julho de 2016

Giro no Brasil: Médico é afastado após debochar de paciente que fala errado

"Não existe peleumonia e nem raôxis”, publicou o médico numa rede social.
Um médico do Hospital Santa Rosa de Lima, em Serra Negra, interior de São Paulo, foi afastado do trabalho após debochar de um paciente diagnosticado com pneumonia. Segundo informações do portal G1, na quarta-feira (27), Guilherme Capel Pasqua atendeu o mecânico José Mauro de Oliveira Lima, 42 anos. Ao saber do diagnóstico, o mecânico teria perguntado qual o tratamento para a doença, porém, ele teria pronunciado a palavra errado. "Quando meu padrasto falou pneumonia e raios X de forma errada, ele deu risada. Na hora, não desconfiamos que ele iria debochar depois na internet. O que ele fez foi absurdo", desabafou o enteado do mecânico, Claudemir Thomaz Maciel da Silva, 25 anos, que o acompanhou na consulta. Após o atendimento, o médico compartilhou nas redes sociais a foto de um papel com a frase: Não existe peleumonia e nem raôxis”. O enteado de José Mauro disse ao G1 que o padrasto não sabe falar direito porque não teve estudo. "Ele vai ficar muito triste quando souber o que aconteceu, estamos evitando contar, mas ele vai acabar descobrindo". Outros parentes e amigos da família também ficaram indignados com a postagem do médico e começaram a reproduzir a foto. As críticas foram dirigidas ainda a outras duas funcionárias do hospital, que costumam debochar da forma como os pacientes falam. Em entrevista à EPTV, o médico disse que não teve intenção de ofender e pediu desculpas. O Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) informou que vai instaurar uma sindicância para avaliar a postura do profissional.

0 comentários:

Postar um comentário