terça-feira, 12 de julho de 2016

Grupo é preso por falsificar RG para fazer cartões no INSS em Canavieiras

Os presos eram usados como laranjas. (Foto:Reprodução/TV Santa Cruz)
Oito pessoas foram presas em flagrante nesta terça-feira (12), em Canavieiras, no sul da Bahia, suspeitas de participar de uma fraude contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os presos têm entre 55 e 64 anos, eram analfabetos e usados como "laranjas" do esquema. De acordo com a Polícia Civil da cidade, três pessoas que têm envolvimento direto com a fraude estão foragidas. A investigação do caso começou há seis meses, quando a polícia recebeu uma denúncia anônima. A fraude já era realizada há três anos e a estimativa. A estimativa da polícia é que o prejuízo calculado aos cofres do INSS foi de aproximadamente R$ 500 mil. Conforme a delegada que investiga o caso, Norma de Freitas, todos os envolvidos no caso são de Canavieiras. Um deles, considerado o chefe da ação, está entre os foragidos. Ele fazia certidões de nascimento falsas para os "laranjas", que são da zona rural da cidade, e os levava para fazer novas carteiras de identidade. Segundo a delegada, a fraude funcionava com a emissão de três cartões do INSS, por pessoa, para receber três aposentadorias diferentes. O chefe da fraude ficava com a maior parte do dinheiro e dava uma pequena quantia aos "laranjas", disse Norma de Freitas. Ainda segundo ela, a polícia também já desconfiava de alguma ação irregular por parte dos três que estão foragidos por conta do estilo de vida que cada um levava sem ao menos trabalhar. "A gente já estava desconfiado porque eles ostentam um padrão de vida estranho, de luxo, e ninguém trabalhava", disse ao G1.

0 comentários:

Postar um comentário