segunda-feira, 18 de julho de 2016

Hospitais e escolas estaduais serão monitorados por câmeras em tempo real

Anuncio foi feito pelo governador. (Foto: Evandro Veiga/Correio)
Até o final de 2016, as 300 escolas da rede estadual de ensino de Salvador serão monitoradas por câmeras de segurança. Segundo o governo do estado, as imagens da parte externa das unidades educacionais serão enviadas, em tempo real, para o Centro de Operações e Inteligência de Segurança Pública 2 de Julho, inaugurado na manhã desta segunda-feira (18) em Salvador. Os hospitais da rede estadual também terão monitoramento. “Nós pretendemos trazer para aqui as imagens de todos os hospitais estaduais e vamos colocar aqui também a imagens de todas as escolas públicas estaduais da Bahia. Já vamos iniciar com as escolas de Salvador, até dezembro instalamos fibra ótica em todas as escolas”, disse o governador Rui Costa (PT). Até o final do primeiro semestre de 2017, o monitoramento chegará a 600 escolas estaduais de Salvador e da Região Metropolitana. As imagens não são passadas imediatamente porque é necessário instalar uma rede de fibra ótica para captar as gravações. 

“Nós estamos licitando a vigilância eletrônica para todas as 1.300 escolas do estado, todas elas vão ter vigilância eletrônica e todas as imagens serão trazidas para aqui. Ainda esse ano nós estaremos levando fibra ótica e as imagens vêm para aqui, ao vivo, garantindo mais segurança e defesa desses jovens, garantindo o acompanhamento automático e instantâneo do que está acontecendo em cada escola e cada hospital do estado”, disse Rui, durante a inauguração do Centro de Operações e Inteligência. A licitação para monitoramento das escolas também incluir câmeras na parte interna das unidades, mas estas imagens não serão imediatamente enviadas ao Centro. Elas serão gravadas e estarão à disposição do diretor da escola. Além das escolas e hospitais, os presídios do estado também serão monitorados, além dos presos com tornozeleiras eletrônicas. “O monitoramento que nós estamos licitando inclui imagens internas, mas elas serão registradas e acompanhadas pelo diretor da escola. Nós instalaremos em cada escola o número de câmeras suficiente para pegar os quatro lados, cobrir toda a visão da escola. Em alguns bastam duas, em outras três outras quatro”, completou o governador.

0 comentários:

Postar um comentário