terça-feira, 26 de julho de 2016

Preço de cacau deve fechar ano em queda, aponta pesquisa

Foto:Reprodução/Mercado do Cacau
Uma pesquisa realizada pela Reuters com 11 analistas, corretores e comerciantes mostrou que os preços de cacau devem cair até o final do ano, devido às oscilações do mercado global. A previsão média da pesquisa está baseada em um excedente de cacau mundial de 114.500 toneladas na temporada 2016/17 (outubro / setembro) em comparação com um déficit de 245.000 toneladas em 2015/16. Era esperado um impulsionamento no maior produtor de cacau mundial – Costa do Marfim – de 1,80 milhões de toneladas, ante 1,60 milhões na atual temporada. Os números da produção de Gana também foram elevados em 877,500 toneladas contra 800.000 toneladas. Na bolsa de Nova Iorque o preço futuro está previsto encerrar o ano em US$ 2.850 por tonelada, uma queda de 1,2 por cento. Os preços já caíram acentuadamente depois de subir em 2016 ao pico de US$ 3.237 no mês passado. Os preços futuros de cacau em Londres também estão previstos terminar em baixa, fechando o ano em 2.100 libras por tonelada, uma queda de 9,6 por cento a partir de próxima sexta-feira. Os preços registraram um pico de 2.518 libras no início deste mês, o nível mais alto em quase 40 anos, impulsionado pela fraqueza da libra esterlina após votação da Grã-Bretanha a sair da União Europeia. Os participantes da enquete afirmaram que a mudança de moeda, combinado com um abrandamento relacionado no valor do euro em relação ao dólar, poderia reduzir a demanda de cacau na Europa. “Moedas enfraquecendo devem levar a preços altos em termos de moeda local”, declarou um participante. *Com informações da Reuters

0 comentários:

Postar um comentário