quarta-feira, 6 de julho de 2016

Presidente Tancredo Neves teve dois mortos por meningite em três dias

Cidade vive surto de meningite C. (Foto:Reprodução)
Os casos de meningite estão assustando a população do município de Presidente Tancredo Neves, no Sul baiano. Somente este ano, duas pessoas morreram por causa da doença e uma terceira, Vanessa Cruz dos Santos, está internada no Hospital Couto Maia, em Salvador. A suspeita de surto fez o prefeito da cidade, Valdemir Mota (PV), suspender as aulas das escolas municipais durante uma semana, a partir desta quarta-feira (6). A Bahia registrou, este ano, 63 casos confirmados de meningite. Destes, 15 pessoas já morreram no estado, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). No mesmo período, em 2015, foram registrados 287 casos, com 29 mortes. De acordo com a Sesab, o primeiro caso em Presidente Tancredo Neves foi registrado no dia 29 de junho. Moradores suspeitam que o vírus tenha vindo de outra cidade, durante o período do São João. Os casos foram registrados também no dia 30 de junho e 1º de julho. “Tiveram muitas pessoas de fora, de cidades vizinhas aqui. Por causa disso, pode ter acontecido a transmissão dos vírus e os casos vieram logo depois”, contou Maria José, diretora de uma escola que também suspendeu as aulas. Segundo ela, os moradores estão assustados com a doença. O último registro da meningite no município foi em 2008. “Estamos, sim, assustados. A Sesab está dando cobertura, dando orientações, mas não estamos prevenidos de maneira correta, que é a vacina”, completou Maria José. Por meio de nota, a Sesab informou que as vigilâncias sanitárias estadual e municipal adotaram medidas no município para controle das doenças. “As investigações estão sendo aprofundadas a fim de verificar vínculos epidemiológicos entre os casos e prevenir a ocorrência de possíveis novos casos”, diz a nota. *Informações do Correio24h

0 comentários:

Postar um comentário