quinta-feira, 21 de julho de 2016

Quase metade do eleitorado baiano não tem ensino médio completo

3.084.691 não têm ensino fundamental completo e 1.821.441 não possui ensino médio.
Dos 10.185.417 eleitores aptos a votar no estado da Bahia quase a metade não concluiu o ensino médio. Conforme apuração do site Bocão News, baseado nos dados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), 3.084.691 não têm ensino fundamental completo e 1.821.441 não possui ensino médio, ou seja, 4.906.132 sequer concluíram os estudos do primeiro grau. O número representa 48,16% do eleitorado da Bahia. Se tratando de nível superior o percentual é muito menor. 2,28% possui ensino superior completo, o equivalente a 233.132 eleitores. Analisando outra estado do Nordeste, como Pernambuco, o cenário não é diferente. O número de eleitores é menor que o da Bahia, são 6.512.353, é o 7º colégio eleitoral do país. Já a Bahia é o 4º, perdendo apenas para São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, respectivamente. O cientista político, Joviniano Neto, avalia que o grau de instrução não define o tipo e qualidade do voto, embora permita, em teoria, que o indivíduo tenha mais acesso a informação. “Isso interfere no voto, mas necessariamente não significa que o voto dos mais instruídos seja de maior qualidade. O nível de instrução, em tese, permite que o eleitor processe mais a informação e tenha mais capacidade de criticá-la”, pontuou. 

0 comentários:

Postar um comentário