sábado, 30 de julho de 2016

Yamana retoma trabalhos em mina de ouro na Bahia

Grupo canadense vai investir US$ 84,2 milhões na exploração do minério no município de Santaluz.
A produtora de ouro canadense Yamana Gold anunciou nesta sexta-feira, 29, a retomada dos trabalhos na mina C1, no município de Santaluz, no semiárido baiano. O projeto de exploração do ouro no município é retomado dois anos após a suspensão das atividades. Na época, a empresa alegou que aguardaria maiores esclarecimentos técnicos sobre os potenciais da mina. "Os testes metalúrgicos e  a análise geológica abrangente realizados foram positivos e confirmaram um recurso mineral consideravelmente maior e recuperações alinhadas à avaliação econômica preliminar de 2015", afirmou nesta sexta, em nota, Peter Marrone, CEO e presidente do conselho de administração da Yamana. Os estudos comprovaram reservas prováveis de 1,2 milhão de onças de ouro (26,7 milhões de toneladas a 1,42 gramas por tonelada). A vida útil da mina está estimada em dez anos, com uma produção anual média de 114 mil onças de ouro ao longo dos primeiros sete anos, com produção de mais de 130 mil onças no primeiro ano completo. Para explorar o potencial agora confirmado da mina baiana, o grupo prevê investimentos iniciais de US$ 84,2 milhões. Os estudos técnicos asseguram  taxas gerais de retorno de 84%. * A Tarde

0 comentários:

Postar um comentário