terça-feira, 9 de agosto de 2016

Iramaia: Homem que se passava por médico paga fiança e deixa cadeia sob aplausos

Homem formado em medicina na Bolívia. (Foto:Divulgação)
O homem que se passava por médico para oferecer atendimentos no Hospital Municipal de Iramaia, preso na manhã da última quarta-feira (3/8), pagou fiança para deixar a cadeia na noite desta segunda-feira (8/8) após decisão judicial. De acordo com a delegada Ana Beatriz ao Blog Marcos Frahm, Thiago Santos da Silva, de 28 anos, vai responder por exercício ilegal da medicina. Ele teria cursado medicina na Bolívia, mas não possuía o credenciamento para o exercício da profissão no Brasil e passou a utilizar, desde 2013, no hospital de Iramaia, o registro de um médico, Tiago Oliveira Lordelo, porém sem contratação regular junto a Secretaria Municipal de Saúde, pois o acusado atuava em substituição informal durante plantões de médicos contratados pelo município, conforme informou a polícia. A Secretaria de Saúde de Iramaia não se pronunciou sobre o assunto. Na Delegacia, Thiago, que é oriundo do Acre, e teria sido denunciado pelo Conselho Regional de Medicina em Jequié, revelou que, por questões financeiras, não regularizou a situação e que já estava com viagem marcada para concluir o credenciamento. Bastante querido pelos pacientes na cidade, deixou a cadeia no início da noite sob aplausos de populares, que o aguardavam em frente a unidade prisional e promoveram uma carreata com queima de fogos pelas vias centrais de Iramaia em solidariedade ao acusado.

0 comentários:

Postar um comentário