quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Suspeito de incendiar delegacia de Amargosa após morte de criança em 2014 é preso

Sérgio esta detido na delegacia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Um traficante suspeito de ser um dos autores do incêndio contra a delegacia de Amargosa, após a morte de uma criança em 2014, foi preso nesta terça-feira (2). Conforme a Polícia Civil, o homem foi localizado na casa onde morava, com um revólver calibre 38, seis munições intactas e 14 pedras de crack. Sérgio Cristiano Souza Galvão era procurado por integrar o grupo que incendiou a delegacia, libertou 16 presos e queimou 30 motos e 18 carros. As ações ocorreram após dois policiais terem iniciado uma perseguição a um assaltante, que teria ligação com o tráfico de drogas. Durante as buscas, o suposto criminoso invadiu a casa de uma família e, na tentativa de atingir o suspeito, um dos agentes acertou um tiro em uma criança. Após o caso, traficantes causaram pânico no município com diversos ataques criminosos. Conforme a Polícia Civil, além da suspeita de ser um dos autores do incêndio contra a delegacia, Sérgio é integrante da mesma quadrilha de um rapaz preso na mesma operação horas antes da ação desta terça-feira. Ambos seriam suspeitos de participar do assassinato de um rapaz em 25 de julho deste ano, crime motivado pela disputa por pontos de venda de drogas. *A Tarde

0 comentários:

Postar um comentário