segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Técnica de Enfermagem é morta por estrangulamento em Salvador; vitima era natural de Jequié

Foto:Arquivo Pessoal
É natural de Jequié, a técnica de enfermagem Jeiza de Jesus Andrade, 27 anos, encontrada morta  com marcas de estrangulamento, por volta das 11h30, no domingo (28/8), dentro da casa onde morava na 1ª Travessa Luiz Viana Filho, na localidade de Nova Brasília, no bairro de Itapuã, em Salvador. A mãe da vítima, Dona Eliene de Jesus residente no  Loteamento Tropical, em Jequié, seguiu para Salvador, ainda no domingo, para acompanhar a  liberação do cadáver, no Instituto Médico Legal (IML).  Jeiza deverá ser sepultada em Jequié. Ela residia havia vários anos na capital do estado e trabalhava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de Roma. Ainda conforme as informações, o  crime teria sido motivado por ciúmes. De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito de ter matado a técnica é o namorado, o mecânico Marcos Aurélio da Conceição Machado, 25 anos, que morava a poucos metros da casa da namorada e um pedido de prisão preventiva contra ele já foi expedido. Ainda segundo a polícia, a causa da morte foi asfixia e espancamento. *Jequié Repórter

0 comentários:

Postar um comentário