sábado, 6 de agosto de 2016

Vanderlei Cordeiro de Lima acende a pira olímpica em cerimônia no Maracanã

O maratonista substituiu Pelé que recusou o convite alegando problemas físicos .
O ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima foi o responsável por acender a pira olímpica na cerimônia de abertura dos Jogos do Rio-2016, nesta sexta-feira (5), no Maracanã. Ele participou da entrega em papel de destaque ao entrar com a chama no estádio e passá-la para a ex-jogadora de basquete Hortência, que a repassou para Vanderlei. Vanderlei, de 47 anos, ocupou o lugar de Pelé, que era a primeira opção da organização. Porém, o ex-jogador de futebol recusou o convite alegando problemas físicos que o impossibilitariam de participar do evento. Entre as principais conquistas da carreira do ex-maratonista estão duas medalhas de ouro pan-americanas (Winnipeg-1999 e Santo Domingo-2003) e um bronze olímpico (Atenas-2004). A medalha de bronze em Atenas, aliás, ficou marcada por um episódio inusitado. O brasileiro liderava a prova quando Cornelius Neil Horan, um padre irlandês, invadiu a prova e o agarrou, segurando-o por alguns segundos. Vanderlei voltou à disputa, mas perdeu ritmo e terminou em terceiro. Vanderlei já havia carregado a chama olímpica em 3 de maio, no primeiro dia do revezamento da tocha no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário