terça-feira, 13 de setembro de 2016

Bancários e Fenaban não chegam a acordo e greve continua

A discussão entre a Federação Nacional dos Bancos e Comando Nacional dos Bancários (Fenaban) e os bancários durou cerca de quatro horas nesta terça-feira (13), mas não resultou em avanços. Os trabalhadores seguem em paralisação por tempo indeterminado e uma nova reunião entre as partes foi marcada para esta quinta-feira (15), em São Paulo. De acordo com os representantes dos bancários, a Fenaban manteve a proposta de reajuste abaixo da inflação, de 7%, mais abono de R$ 3,3 mil. A categoria pede 14,78% de reajuste salarial, contratações, segurança, atenção à saúde, fim do assédio moral e das metas. Em todo o Brasil, mais de 11 mil agências estão fechadas, número que representa mais da metade das unidades do país.

0 comentários:

Postar um comentário