segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Ex-ministro Antonio Palocci é preso em nova fase da Operação Lava Jato

Foto:Reprodução
O ex-ministro Antonio Palocci foi preso na 35ª fase da Operação Lava Jato, que foi deflagrada pela Polícia Federal (PF), na manhã desta segunda-feira (26). Foram expedidos 45 mandados judiciais, sendo 27 de busca e apreensão, três de prisão temporária e 15 de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento, em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. Antônio Palocci foi ministro da Casa Civil no governo Dilma Rousseff e ministro da Casa Fazenda no governo Lula. A ação foi batizada de "Omertà". A prisão do ex-ministro foi um pedido da PF, acatado pela Justiça. As suspeitas sobre Palocci surgiram na delação de outro acusado na Lava Jato, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras  Paulo Roberto Costa. Ele disse que, em 2010, Alberto Youssef lhe pediu R$ 2 milhões da cota de propinas do PP para a campanha presidencial da presidente Dilma Rousseff. O pedido teria sido feito por encomenda de Palloci. *Informações do G1

1 comentários:

luiz carlos carlos disse...

a policia federal,tá brincando de pega e esconde, pega o PT e esconde o cunha,renan,jucá,aecim,temer e cia, isso já virou perseguição política, tem que da um basta neste golpe..será que a população é burra ...

Postar um comentário