quarta-feira, 21 de setembro de 2016

História das Eleições em Ipiaú: José Motta e Antônio Lisboa disputaram as eleições em 1959

José Motta e Antônio Lisboa disputaram as eleições em 1959 (Fotos:Arquivos)
No ano de 1958, o prefeito Salvador da Matta, juntamente com o vereador Protógenes Jaqueira e outros membros da UDN (União Democrática Nacional) já estavam articulando o processo sucessório e não tiveram dúvida que o melhor candidato do grupo seria o vereador José Motta Fernandes, cuja carreira política foi iniciada na gestão do ex-prefeito Pedro Caetano. José Motta representava o próspero distrito de Barra do Rocha e era sobrinho do empresário rural João Motta, forte liderança política na região.

A oposição lançou a candidatura do dentista Antonio Lisboa Nogueira, membro do PSD ( Partido Social Democrático), que no período de 1945 a 1946 exerceu o cargo de interventor municipal. Natural do município sergipano de Laranjeiras, Nogueira se destacou como um dos fundadores da Loja Maçônica Fraternidade Rionovense, do Rotary Clube de Ipiaú e era Conselheiro do Instituto de Cacau da Bahia. Ele deu grande contribuição para a instalação da agencia local do Banco do Brasil e da Fundação Hospitalar de Ipiaú.

A campanha eleitoral deflagrada em meados de 1959 foi tranquila, “pouco questionada e quase consensual”, conforme lembra o médico José Alberto da Matta, filho do então prefeito. Juracy Magalhães que na ocasião se colocou como candidato a governador da Bahia, deslocou-se até Ipiaú, para participar de um dos comícios, na Praça Rui Barbosa, em favor de José Motta. Na sua comitiva transportada em três aviões também estava o deputado Urbano de Almeida Neto.

A votação indicou a vitoria de José Motta. Nessa sua primeira gestão José Motta Fernandes governou o município durante o período de 14 de abril de 1959 a 07 de abril de 1963. Foi sucedido pelo advogado Euclides Teixeira Neto. (GIRO/José Américo Castro)

0 comentários:

Postar um comentário