sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Ipiaú: Um dos acusados de atirar durante comício morre em confronto com a PM

Dois suspeitos foram apresentados na delegacia (Foto:Giro Ipiaú)
Um homem identificado até o momento pelo apelido de “Jhan” morreu em confronto com policiais do Serviço de Investigação (Soint) da 55ª CIPM e da CIPE Central. Após a prisão dos dois suspeitos de envolvimento no crime, a polícia numa resposta rápida chegou até o verdadeiro autor dos disparos que matou Danilo Menezes de Souza. Os suspeitos estavam escondidos nas proximidades da Fazenda Fegam, na zona rural de Ipiaú. Segundo a polícia, houve confronto e “Jhan”, apontado como um dos autores dos disparos durante o comício realizado na noite dessa quinta-feira (15) acabou sendo baleado e morreu a caminho do Hospital Geral de Ipiaú. Outros dois irmãos foram presos pela PM. Com eles foram encontradas as armas do crime; uma pistola Glock e um revólver calibre 32. À polícia, um dos presos informou uma motivação diferente da apresentada mais cedo por outro suspeito. A confusão teria ocorrido após Danilo “mexer” com a mulher de um dos acusados. Os dois irmãos foram encaminhados à delegacia e serão ouvidos pelo delegado Ivan Lessa.  
Governador participava de Comício no momento dos tiros (Foto:Reprodução)
O caso aconteceu na noite de quinta-feira (16) em frente ao Ginásio de Esportes Clériston Andrade, em Ipiaú. No momento acontecia um comício da candidata prefeita Maria das Graças e contava com a participação do governador Rui Costa. Após o pronunciamento de Rui Costa, Maria inciou o seu discurso e em menos de três minutos ouviram os tiros no local distante pouco mais de 150 metros do palanque. Sete pessoas foram baleadas, uma delas, Danilo Menezes, morreu na madrugada no Hospital Prado Valadares, em Jequié. Os outros seis foram atingidos nas pernas e braços e não correm risco de morte. (Giro Ipiaú)

0 comentários:

Postar um comentário