sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Jitaúna: Justiça Federal aplica multa de R$ 106 mil e bloqueia bens do prefeito Edson

A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 53 mil reais em bens do atual prefeito.
A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 53 mil reais em bens do atual prefeito de Jitaúna, na Bahia, Edson Silva (PT). De acordo com a decisão da juíza Karine Costa Carlos Rhem da Silva, o petista foi multado ainda em R$ 106 mil pelos danos causados ao erário municipal em 2016.  A condenação se deu, de acordo com a peça, por conta da dispensa de licitação para a reforma de mil cadeiras escolares, no valor total de R$ 30 mil "sem qualquer justificativa legal para tanto". Em resposta a sites locais, Edson Silva afirmou que "a restrição de bens, em uma ação cautelar, não pode e não deve ser interpretada e traduzida como sentença de mérito condenatória, de um processo de improbidade, que sequer foi iniciado com a citação das partes, sob pena de violação ao principio constitucional de presunção da inocência". "Portanto, é evidente o propósito de distorção da realidade, motivado pelo desespero que acometeu os nossos adversários, ao temerem, perder as eleições municipais, mesmo após a união mais cara da historio política de Jitaúna", acusa. Este ano, o petista concorre à reeleição. *Bocão News

0 comentários:

Postar um comentário