sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Jovens que sumiram a caminho da escola estavam acampadas com amigos

Maria Clarisse da Silva e Jakeline da Silva estão desaparecidas na Bahia (Foto: Reprodução / TV Oeste)
Após três dias de aflição dos familiares, as duas adolescentes que desapareceram a caminho da escola voltaram para casa no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. As primas Maria Clarisse da Silva, de 16 anos, e Jakeline da Silva, de 17, foram recebidas com surpresa e alívio pelos parentes na noite de quinta-feira (8). De acordo com Ariadna Costa, cunhada de Maria Clarisse, as jovens contaram à família que saíram para acampar com os amigos em um sítio próximo ao município. "Elas viram a repercussão pelos telefones [celulares] e ficaram com medo de voltar", disse sobre o sumiço de três dias. Apesar do susto, Ariadna afirmou que as jovens foram recebidas com carinho pelos familiares. "Os pais estavam muito emocionados. Foi um alívio. Estávamos com medo que o pior tivesse ocorrido. Foi só uma aventura de adolescente", afirmou. Maria Clarisse e Jakeline da Silva moram no mesmo bairro e estudam na mesma escola. Com o retorno das jovens, a polícia afirmou que as investigações sobre o caso foram encerradas. *Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário