terça-feira, 6 de setembro de 2016

Morre pai que teve o corpo queimado pela filha na Bahia

Um homem que teve o corpo queimado pela própria filha, no município de Jussiape, na região da Chapada Diamantina, não resistiu aos ferimentos e morreu. Pedro Paulo Souza estava internado no Hospital Geral de Vitória da Conquista, Sudoeste baiano, desde o dia 22 de agosto e morreu na segunda-feira (5). A acusada pelo crime, uma adolescente de 14 anos, ainda matou a mãe biológica, Adriana Santos Almeida, a pedradas e ateou fogo na madrasta. Segundo informações do Departamento de Polícia Técnica, o corpo de Pedro Paulo foi encaminhado na tarde de ontem para Jussiape. De acordo com a Polícia Militar, policiais da 46ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Livramento de Nossa Senhora) foram acionados pelo Conselho Tutelar e, ao chegarem na zona rural de Jussiape, confirmara o ocorrido. Testemunhas disseram que após o acontecido a jovem fugiu em direção à uma mata fechada no povoado de Paixão. Os policiais foram até a Casa de Saúde do município e verificaram a veracidade do fato. Na unidade, os militares encontraram a madrasta da adolescente que contou à polícia que realmente tinha sido a enteada que havia ateado fogo nela e no pai. Ao retornarem para o povoado, os policiais, junto com os conselheiros tutelares, entraram em contato com familiares da adolescente, que informaram que a jovem tem problemas psicológicos, sofre de depressão e já tinha tentado suicídio. *Correio 24h

0 comentários:

Postar um comentário