quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Parentes de defunta são obrigados a cavar sepultura em Cemitério de Ubaitaba

Coveiro teria se negado a cavar a sepultura (Foto:Reprodução/Ubaitaba.Com)
Uma cena um tanto quanto incomum quanto revoltante aconteceu no último sábado (03) em Ubaitaba. Filhos de uma senhora falecida foram obrigados a cavar a cova com as próprias mãos já que o coveiro do cemitério da cidade se recusou a fazer o serviço. A informação é do site Ubaitaba.com. Segundo Joselane Santana Ferreira, neta da falecida, informou que familiares levaram a dona Maria de Lurdes para ser enterrada no cemitério municipal, e o coveiro alegou que não iria cavar pois faltava material no cemitério. Diante da situação, os familiares se ofereceram para conseguir as ferramentas. Mas, mesmo assim, segundo os familiares, o coveiro se recusou a fazer o serviço. A família afirmou ao site que o coveira estava ingerindo bebida alcoólica e chegou a sugerir que eles mesmo fizessem a cova: ‘A mãe não é de vocês? Então vocês que façam a cova dela, eu não vou lá’. - Então minha mãe não vai ser enterrada?, pergunta o filho. E o coveiro responde: Se depender de mim, não", relatou a neta de Maria de Lurdes  Segundo Jéssica, a confusão toda começou pelo motivo da filhos desejar enterrar a senhora no túmulo de propriedade da família que já teria espaço reservado no cemitério onde jaz outros parentes. Como na atualidade, a maioria das pessoas são colocadas numa gaveta no cemitério, o coveiro se negou a cavar, alegando que “ninguém mais é enterrado no chão”. Representantes da prefeitura não comentaram a denuncia.

0 comentários:

Postar um comentário