sábado, 17 de setembro de 2016

Policiais civis ameaçam entregar cargos caso governo não avance em reivindicações

Foto: Divulgação
Em assembleia realizada nesta sexta-feira (16), policiais civis decidiram que vão entregar os cargos de confiança em outubro caso as reivindicações junto ao governo do estado não avancem. A categoria também ameaça não emitir relatório de investigação com informações de telefones de pessoas suspeitas, ligadas a crimes puníveis com pena de reclusão (interceptações das comunicações). “Estamos abertos para dialogo, mas se as demandas não avançarem no final de outubro todos os Policiais Civis da Bahia irão entregar os cargos”, disse o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), Marcos Maurício. A assembleia geral extraordinária reuniu Investigadores, Escrivães e Peritos Técnicos de Polícia Civil. Em assembleia realizada na última segunda-feira (12), os delegados de Polícia Civil da Bahia decidiram pela entrega dos cargos por conta da ausência de autonomia investigativa da corporação com relação à Secretaria de Segurança Pública (SSP) A Polícia Civil, no entanto, informou que as Delegacias Territoriais e Especializadas mantêm o funcionamento normalmente para atendimento da população e que até o momento não houve nenhum movimento de entrega de cargos registrada pela instituição.  *Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário