quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Saúde: Médicos usam ultrassom e reanimam cérebro de homem em coma

Técnica é inédita no mundo da medicina (Foto: Ilustrativa)
Quem está em coma não podia ser despertado de seu estado de inconsciência --até agora. Estudo publicado na mais recente edição da revista Brain Stimulation revelou que um homem de 25 anos teve um "incrível progresso" após receber um novo tratamento de reanimação cerebral com ultrassom. Ele foi a primeira pessoa no mundo a experimentar a técnica, não-invasiva, que usa pulsações de baixa intensidade para agitar neurônios e ajuda a diminuir a espera por uma reação do paciente em coma.  As ondas sonoras são direcionadas para o tálamo --parte do cérebro responsável por funções como regulação de consciência, sono e estado de alerta-- e "despertam" o paciente. De acordo com Martin Monti, professor de psicologia e neurologia da UCLA (Universidade da Califórnia em Los Angeles) envolvido no projeto, o ultrassom também evita os chamados distúrbios de consciência, como o estado vegetativo ou estado minimamente consciente, que podem causar danos cerebrais severos. Mesmo quando não há esses distúrbios, uma recuperação total de um coma pode demorar muito tempo. Por isso, o tratamento foi recebido com entusiasmo pelos pesquisadores. Leia mais >>>

0 comentários:

Postar um comentário