sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Seis novos cursos de medicina chegam ao interior da Bahia

Os novos cursos de medicina serão implementados em até 1 ano e meio.
Os nomes das seis instituições de ensino superior da Bahia selecionadas para receberem novos cursos de medicina através do programa Mais Médicos foram divulgados nesta terça-feira (27) pelo Ministério da Educação. O edital de chamamento foi divulgado em 2014, mas as faculdades não foram listadas na época. Elas terão de três a 18 meses para fazer a implementação dos projetos apresentados. Segundo o MEC, serão ofertadas até 2.460 vagas para formação de médicos em até 39 cidades brasileiras que não contavam com cursos nessa área. Na Bahia, serão mais 375 vagas. Atualmente, existem 16 instituições baianas que oferecem curso de medicina no estado, 11 delas no interior e outras cinco na capital. As instituições baianas selecionadas foram: Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá Ltda (Alagoinhas), Pitágoras - Sistema de Educação Superior Sociedade Ltda (Eunápolis), Sociedade Padrão de Educação Superior Ltda (Guanambi), Instituto Educacional Santo Agostinho Ltda (Itabuna), AGES Empreendimentos Educacionais Ltda (Jacobina) e IREP Sociedade de Ensino Superior, Médio e Fundamental Ltda (Juazeiro). As mantenedoras terão até o mês de outubro deste ano para apresentar a Garantia de Execução, um documento no valor de 10% do Plano de Infraestrutura da Instituição, previsto para os primeiros 6 anos de funcionamento do curso. Um Termo de Compromisso também terá que ser assinado. Em 2014, 150 municípios brasileiros se inscreveram para oferecer os novos cursos, mas apenas 39 foram selecionados. *Correio

0 comentários:

Postar um comentário