quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Transplantes registram aumento de 40% em sete meses na Bahia

Pela quarta vez consecutiva, o Programa Estadual de Transplantes (PET) bateu seu recorde.
O número de transplantes realizados na Bahia registrou um crescimento de  40%, nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2015, segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) nesta semana. Conforme as informações da Sesab, de janeiro a julho de 2016, 317 procedimentos de transplantes ocorreram nas instituições de saúde de Bahia. No mesmo período de 2015, as intervenções cirúrgicas chegaram a somar 225 transplantes. Embora a quantidade de transplantes tenha crescido, a taxa de recusa familiar pela doação dos órgãos está na casa de 63%, dado superior à média nacional, que é de 56%, de acordo com as informações fornecidas pela Sesab. Os dados vieram a público cerca de duas semanas depois de a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) divulgar pesquisa que aponta aumento na taxa de doadores, que subiu de 5,4 para 7,5 por cada milhão de habitantes no estado, no primeiro semestre deste ano, ante igual período de 2015. *A Tarde

0 comentários:

Postar um comentário