quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Brasil: Bombeiro põe fogo na própria casa após briga com a mulher

Casa ficou com a estrutura abalada depois de incêndio (Foto: O Diário de Mogi )
Uma mulher de 30 anos, depois de ser agredida pelo marido, viu a casa onde morava ser incendiada, segundo a polícia. De acordo com o boletim de ocorrência, o casal teve uma discussão e o homem, que é bombeiro, ateou fogo na casa com todos os pertences da família dentro. Para a polícia, ele disse que havia tomado bebida alcoólica. O caso foi na tarde desta quarta-feira (5), na Vila Moraes, mas foi comunicado para a Polícia Civil durante a noite, às 21h40. A Polícia Militar e cinco caminhões do Corpo de Bombeiros estiveram no local. O autor do incêndio, de 36 anos, foi abordado pela polícia e disse que “perdeu a cabeça” e por isso agrediu a esposa, com quem é casado há 11 anos. O filho do casal, de apenas 9 anos, presenciou a agressão da mãe. A mulher, que trabalha como técnica em farmácia, contou que o marido chegou em casa e tiveram um desentendimento. Segundo o boletim de ocorrência, ele segurou a mulher pelo pescoço, tentando estrangulá-la. A agressão só terminou por causa dos gritos do menino. A mulher correu para a casa de vizinhos e, enquanto isso, o homem ateou fogo na casa com todos os pertences da família dentro. Eletrodomésticos, roupas, documentos e móveis foram queimados. O documento registrado no 2º Distrito Policial ressalta também que a estrutura da casa ficou comprometida.  Segundo a vítima, esta não foi a primeira vez que o marido cometeu agressões. Ele, por sua vez, disse que não se lembra de nada por ter bebido. O bombeiro foi preso em flagrante e vai responder pelos crimes de violência contra mulher, incêndio e lesão corporal. *G1

0 comentários:

Postar um comentário