domingo, 9 de outubro de 2016

Caso da candidata que fez campanha com o número errado em Ipiaú repercute no Brasil

Sônia decorou o número errado e mandou imprimir 5 mil "santinhos".
O caso da candidata a vereadora em Ipiaú que fez a campanha com o número errado e só foi descoberto pela filha do dia das eleições ganhou repercussão nacional. A matéria foi exibida no sábado pelo GIRO (ver aqui) e despertou interesse de outros sites de notícias no estado e em todo o país. Ao G1, na noite desse domingo (09), Sônia da São Geraldo disse; "Eu não culpo ninguém. A culpa foi só minha", afirmou a candidata Sônia da São Geraldo (PDT). "Eu mandei fazer os santinhos na gráfica e teria que ter conferido o número. Decorei o número errado e mandei fazer o material", acrescentou. Os eleitores da candidata teriam que digitar o número 12987, entretanto os santinhos que divulgaram a candidatura dela estampavam o número 12978.  Ainda ao site G1, Sônia destacou: "Na hora, eu fiquei desesperada, mas minha filha adorou, porque ela disse que eu sou tão boa, que não merecia ficar no meio dos políticos", diz a candidata. Ela contou que gastou R$ 300 na confecção dos santinhos e revelou que nas próximas eleições municipais, sairá candidata novamente. "Vou entrar para ganhar", disse ao G1.

0 comentários:

Postar um comentário