domingo, 30 de outubro de 2016

Dário Meira: Adolescente é apreendida e confessa ter matado recém-nascido

Adolescente foi levada para o Complexo Policial de Dário Meira.
A acusada de ter matado um recém-nascido e enterrado nas margens do Rio Gongogi, na cidade de Dário Meira, foi apreendida poucas horas após o corpo do bebê ter sido localizado por um cão na manhã desse domingo (ver aqui). A polícia civil informou ao GIRO, que uma jovem de 17 anos confessou ter matado a criança após o seu nascimento e enterrado no local na madrugada de sexta (28) para sábado (29). No corpo do bebê foram encontradas 13 perfurações de arma branca (10 nas costas e 3 na cabeça). A adolescente teria justificado a morte do seu filho devido a rejeição dos familiares à criança, por conta do relacionamento que mantinha com o pai do bebê, que segundo a polícia, é um usuário de drogas. Ela foi apreendida em Dário Meira quando se preparava para fugir. A garota está no Complexo Policial da cidade, onde permanece à disposição das autoridades competentes. Ela ainda informou aos policiais que a criança nasceu no tempo normal (aos 9 meses).
Corpo do bebê foi encontrado por um cachorro nas margens de um rio (Foto:Giro Ipiaú)
O bebê foi encontrado por um cachorro na manhã de domingo. “Eu fui amarrar o meu bode na beira do rio quando o cachorro começou a latir e cavar, cavar... aí eu terminei de amarrar o bode e quando fui ver o que ele (cachorro) estava procurando, encontrei o corpinho de uma criança enterrado”, relatou Natalino ao GIRO. O fato foi comunicado à polícia por ele. O caso chocou a comunidade dariomeirense por conta da frieza e crueldade da genitora. (Giro Ipiaú)

0 comentários:

Postar um comentário