quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Detento mata colega de cela e diz que ele foi assassino da mãe há 9 anos

Acusado tem 21 anos (Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade).
O detento Patrício Amaral de Carvalho, de 21 anos, preso no Conjunto Penal de Feira de Santana confessou ter matado um colega de cela, de 32 anos, na manhã desta terça-feira (4). De acordo com o capitão Allan Araújo, diretor do Conjunto Penal, o jovem disse que a vítima teria matado a mãe dele em 2007, quando ele ainda tinha 12 anos. O homem utilizou um objeto perfuro-cortante para atingir o colega de cela. Conforme Araújo, o rapaz de 21 anos estava preso deste o final do mês de setembro por furto. Já a vítima cumpria pena desde 2015 por um homicídio que cometeu no mesmo ano. Ainda não há detalhes se o homem morto tem ligação com o homicídio da mãe do rapaz. A vítima chegou a ser encaminhada para o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, mas não resistiu. Ainda segundo o diretor do Conjunto Penal, após a morte do homem, o rapaz disse que não tinha certeza da fisionomia do autor do crime contra a mãe dele. Contudo, a vítima teria relatado sobre um homicídio, e o jovem teria associado ele com o crime. *Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário