terça-feira, 18 de outubro de 2016

Homens são presos na Bahia após simular acidente para aplicar golpe em seguro

Dois homens foram presos por simular acidente para aplicar golpe em seguradora.
Dois homens foram presos na madrugada desta terça-feira (18), na BR-324, trecho do município de Santa Bárbara, a 148 km de Salvador, após simular um acidente entre dois carros, com o intuito de aplicar um golpe na seguradora. O objetivo da ação era receber cerca de R$ 40 mil da empresa responsável pelo seguro de um dos automóveis envolvidos na batida. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O caso ocorreu no Km-486 da rodovia. A polícia informou que uma equipe realizava patrulhamento no trecho, quando se deparou com a cena do suposto acidente: um Ssangyong Actyon e uma BMW X6 Xdrive com danos característicos de uma colisão. Ainda segundo a PRF, um dos veículos havia sido projetado para fora da pista. A equipe parou a viatura e iniciou o processo de levantamento de dados para preencher o boletim de acidentes, momento em que, de acordo com a PRF, as versões dos envolvidos começaram a divergir.
Dono de carro disse que simulou acidente para coletar R$ 40 mil do seguro
O condutor da BMW não soube dizer quem era o proprietário que constava no documento do carro, enquanto o motorista do Ssangyong não sabia explicar como a colisão aconteceu. Como os policiais não se convenceram com a versão da dupla para o acidente, os dois homens admitiram a tentativa de fraude. A PRF explicou que o condutor do Ssangyong, que é dono do carro, simulou o acidente para receber R$ 40 mil do seguro. Aos policiais, ele contou que o veículo precisava de manutenção, mas as peças de reposição não eram fáceis de encontrar. Por isso, ele achou mais “fácil” dar perda total e receber o valor referente ao bem. Ainda de acordo com informações da PRF, os dois presos disseram que outros dois homens participaram do esquema: um foi responsável por dirigir um dos carros, e o outro providenciou a BMW. Os outros dois envolvidos na ação não foram localizados pela polícia. A dupla presa não revelou se o proprietário da BMW é cúmplice ou vítima da armação. *Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário