sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Itapitanga: Vereador eleito é preso em operação contra o tráfico

Vereador eleito de Itapitanga é preso por tráfico de drogas.
Um vereador eleito e um outro suspeito foram presos em flagrante durante uma operação de combate ao tráfico de drogas na madrugada desta sexta-feira (21), em Itapitanga, no sul da Bahia. Além de drogas, o vereador eleito foi detido com uma série de cartões do Bolsa Família, que pertenciam a beneficiários que tinham com ele dívidas de empréstimo em dinheiro. As informações foram divulgadas ao G1 pelo coordenador da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna), André Aragão. Cerca de 50 policiais - entre civis e militares - foram responsáveis pelas prisões, como também pela apreensão de drogas e armas. A operação foi iniciada por volta das 5h e encerrada por volta das 7h. A Polícia Civil detalha que o vereador eleito Fabrício de Jesus (PSDC), que é conhecido como Fábio, foi um dos presos na operação. Com ele, os agentes envolvidos nas buscas teriam encontrado 27 buchas de maconha, 40 papelotes de cocaína, além do valor de R$ 1.638 em espécie.

Além disso, a corporação acrescenta que o vereador eleito escondia cartões de Bolsa Família em uma outra residência. Os documentos pertenciam a pessoas que têm dívidas de empréstimo em dinheiro com o suspeito. A acusação é de que Fabrício de Jesus, que tem 32 anos, apreendia os cartões até que as dívidas fossem pagas. Além do vereador eleito, um outro homem foi preso em flagrante. Na casa dele, a polícia afirma que foi encontrada uma plantação de maconha, além de um revólver e cartuchos de munição. Um terceiro homem ainda foi detido com uma pequena quantidade de droga e foi liberado após a assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A operação ocorreu nas ruas Alfredo Ferreira e Eduardo Gomes, nas residências dos suspeitos e também em um bar, que é conhecido com "cracolândia". Os presos foram encaminhados para o município de Itabuna. Eles irão responder por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. *Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário