terça-feira, 11 de outubro de 2016

Prefeitura de Ibirataia nega cortes de serviços no município

Foto:Reprodução.
A prefeitura de Ibirataia, através da coordenadora técnica administrativa de saúde, Polianna Queiroz, através de uma nota enviada à redação do GIRO, negou a denuncia de uma moradora de Ibirataia afirmando que o município cortou alguns serviços básicos à população, em especial no setor da saúde. A denuncia dava conta que uma paciente foi surpreendida, na semana passada, meia hora antes da viagem rotineira do ônibus que a transportava bem como a outros pacientes para o Hospital Aristides Maltez em Salvador, que a condução não iria mais transportá-los. Ainda segundo informações da moradora, que pediu anonimato, médicos do PSF teriam sido demitidos. 

A Prefeitura Municipal de Ibirataia vem honrando como sempre fez o compromisso de gerir com responsabilidade as ações e serviços de saúde vinculadas ao município. Estamos finalizando uma gestão séria, a qual nos dedicamos desde 2013 de forma justa e incansável, levantando os problemas identificados pela população e buscando ativamente resolvê-los. Com a mesma retidão e respeito ao povo Ibirataense que assumimos, finalizaremos o exercício dessa gestão... Informamos ainda que os servidores públicos estão com os salários devidamente creditados em suas contas, continuamos sim com os transportes para os tratamentos fora do domicílio e com todas as unidades funcionando com as equipes dos PSF- Programa de Saúde da Família ativas. Portanto, vimos por meio desta nota de esclarecimento responder as inverdades proferidas de forma tendenciosa e partidária que tem a intenção de atingir a integridade da atual gestão”, diz  a nota.

0 comentários:

Postar um comentário