terça-feira, 4 de outubro de 2016

Tráfico teria financiado campanha de vereador preso com drogas em Ubaitaba

Messias Aguiar foi preso um dia depois de ser eleito (Foto:Divulgação/PM).
O vereador recém-eleito Messias Aguiar (PMDB), preso com quase 300 kg de drogas, no município de Ubaitaba, na segunda-feira (3), teve a campanha financiada pelo tráfico de drogas da região.  A informação foi divulgada nesta terça-feira (4) pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). O vereador tem 34 anos e foi o segundo mais votado na cidade, com 571 votos. Conforme a SSP, o suspeito foi ouvido pelo delegado Evy Paternostro, que comanda a 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Ilhéus), onde Messias está custodiado. Segundo o delegado, embora sem passagens pela polícia, o vereador já havia sido denunciado por participação no tráfico de drogas do município. “Há informações de que toda a campanha tenha sido financiada pelo tráfico local”, afirmou Paternostro. O coordenador da 7ª Coorpin informou que a investigação continua para apurar detalhes da ligação do suspeito com o tráfico de drogas na região. Ainda segundo a Secretaria da Segurança Pública, em depoimento, Messias, que constava no cadastro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) como agricultor, negou ser dono da fazenda onde parte da droga foi encontrada e disse também não ser o proprietário dos entorpecentes. A SSP informou que um funcionário da propriedade rural disse que o local pertence ao vereador recém-eleito. *G1

0 comentários:

Postar um comentário