quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Coluna Rapatição Arte e Cultura

Flash back no Clube Náutico
Os Embalos de Sábado à Noite estão de volta com uma grande festa organizada e produzida por Luís Moreira. Será no próximo dia 10 de dezembro, no Clube Náutico Rio das Contas, em Ipiaú. Duas bandas estarão animando o evento. A primeira apresentação ficará a cargo da ipiauense  “A SODA”. Em seguida será a vez da Banda Flashback, de Feira de Santana, comandar a noitada com o melhor da discoteca anos 80. Na estrada desde o no ano 2.000 a Flashback interpreta grandes sucessos de ícones da música pop internacional do passado (Elvis Presley, Beatles, James Brown, PinK Floyd, dentre outros) com um estilo absolutamente definido. Na base da sua formação estão os músicos: Vivinho (voz); Romário Torres (guitarra, violão, vocal) e João Lucas (bateria).
Cinema Ipiauense
Dia 14 de novembro no Espaço Itaú de Cinema na Praça Castro Alves, em Salvador, foram exibidas no XII Panorama Coisa de Cinema duas obras dos cineastas ipiauenses Edson Bastos e Henrique Filho. A primeira foi ”Astrogildo e a Astronave”, lançado em Ipiaú em 30 de abril. A outra foi “A Professora de Música”, que faz homenagem à musicista Aída Duarte. O garoto Davi Lisboa marcou presença nas partes duas obras.
Festa das Flores
A terceira edição da Festa das Flores acontecerá no próximo de 26 de novembro no Salão da Terceira Idade. A principal atração será o cantor romântico Figueiredo. Os ingressos estão sendo vendidos ao preço de R$ 20,00 na Floricultura Cheiros do Campo.
O livro inédito de Hermes Martins
Pronto para ser impresso e obter o sucesso que merece o livro "Farpas e Sonhos", sonetos do poeta  Hermes Martins. A obra traz 250 sonetos e vem sendo organizada pelo artista multimídia Lula Martins, filho do autor. “Hermes Martins nos deixou um legado poético que traduz o sentimento de nossa alma catingueira”, diz o saudoso poeta e jornalista jequieense Wilson Novaes, em um dos prefácios do livro. Homem culto, de elegância requintada, o autor de "Farpas e Sonhos", bebeu em fontes parnasianas e modernistas, conquistou corações, despertou paixões.
Excelente declamador, Hermes Martins frequentou círculos boêmios, demarcou seu estilo numa retomada da cultura clássica. Os sonetos alexandrinos eram a sua especialidade. Poemas parnasianos duo decassilábicos com tônicas dentro da métrica e pouca concessão para o verso livre. Durante alguns anos Hermes Martins gerenciou a da firma Correia Ribeira S/A, em Ipiaú. Na foto, em preto e branco, feita em 1950, no Bar do Biondi, em Jequié, o poeta se mostra em um empolgante recital. (GIRO/José Américo)

0 comentários:

Postar um comentário