terça-feira, 22 de novembro de 2016

Geddel chora ao receber apoio de líderes partidários

(Foto:Reprodução/Agência Reuters).
O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, chorou nesta terça-feira (22), durante reunião no Palácio do Planalto, com líderes partidários, ao receber apoio dos parlamentares. Na ocasião, Geddel recebeu solidariedade dos deputados por sua permanência no governo, mesmo depois do  episódio no qual ele foi acusado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de pressioná-lo contra interdição de um prédio em Salvador (BA). Geddel começou a ouvir depoimentos dos aliados, como o líder do DEM, Pauderney Avelino (AM), e, já nesse momento, ficou com os olhos marejados. Ao fazer seu discurso, Geddel lembrou do pai, o ex-deputado Afrísio Vieira Lima, já falecido, e ficou com a voz embargada. Segundo relatos, o ministro estava muito emotivo.

0 comentários:

Postar um comentário