segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Gongogi: Mulher cancela casamento após cão de estimação desaparecer

Mulher cancelou o casamento até que o cachorro volte ao convívio familiar.
Há mais de quatro meses, uma família está desesperada com o desaparecimento do cão de estimação. Tiger, como animal é chamado, sumiu em uma viagem durante os festejos juninos em Gongogi, no sul da Bahia. A dona do cachorro, Carla Magarão, chegou a cancelar o casamento até que Tiger retorne ao convívio familiar. Carla e o noivo foram para o interior, onde ele nasceu e a família dele mora, e levaram dois cachorros da raça Chihuahua. Ela relembra que viu Tiger pela última vez na noite de 23 de junho. — Eu deixei  (Tiger) na casa da tia dele, junto com outro cachorrinho Chihuahua, em torno de duas horas. Foi sete horas da noite e, quando deu nove horas, que eu fui buscá-lo, ele tinha simplesmente desaparecido. Desesperada, Carla conta que começou a procura o cão: “Eu entrei no mato e perguntei pra todas as pessoas de lá, só que ninguém tinha visto ele”. A matéria foi destaque do Programa Balanço Geral da Bahia, apresentado por Zé Eduardo, o Bocão (veja matéria em vídeo abaixo).
Uma mulher chegou a ser apontada como suspeita de ter levado o animal, mas, ainda segundo Carla, “ninguém quis se comprometer, ninguém quis falar, testemunhar”. — Já se passaram quatro meses e eu não tenho nenhuma notícia dele. Não sei se ele tá bem, se ele tá vivo, o que aconteceu. Uma semana após o desaparecimento de Tiger, Carla registrou Boletim de Ocorrência na delegacia da cidade. — Só que não foi feita nenhuma investigação. A única coisa que me informou lá na delegacia, depois de um mês, é que eles acham que meu cachorro deve ter morrido na roça. Carla questiona a versão apresentada pelos policiais, pois Tiger é um cachorro medroso e teria sumido na cidade. Para piorara a situação, o animal tem problema no coração, arritmia cardíaca. A dona do cão afirmou que foi ameaçada depois que prestou queixa, pois teria falado sobre suas suspeitas a respeito da mulher na delegacia. A polícia chegou a procurar a suspeita, que teria ameaçado Carla. Os parentes do noivo da jovem acharam melhor ela não permanecer na cidade. A jovem se desespera diante da falta de notícias e faz um desabado emocionante: “Eu amo muito aquele cachorro. Eu não posso mais imaginar ficar sem ele, sem encontrá-lo. Ele dormia comigo no meu travesseiro, eu praticamente não posso dormir direito”. *As informações são do site R7

0 comentários:

Postar um comentário